terça-feira, 16 de abril de 2013

O medo congela!


Costumo usar sempre em minha vida uma frase que li há muitos anos, que diz: "A life lived in fear is a life half lived", que é em bom português nada mais é que: "Uma vida vivida com medo, é uma vida vivida pela metade".

O medo nos paralisa, evita que enfrentemos realidades que não gostamos e que aceitemos situações que não temos coragem para mudar. O medo nos congela em momentos que não geram a satisfação e alegria. O medo nos leva ao pior e mais terrível local que podemos chegar e nos manter: A zona de conforto!!!

É difícil vencer o medo e mudar, mas somente livres de corpo e mente, seremos capazes de tomar as rédeas de nossa vida e sermos felizes da forma que queremos e merecemos.

Enfrentar o medo não significa fazer rappel, rafting, bungee jumping ou mergulhar em uma piscina com tubarões. O medo pode ser enfrentado no dia a dia. Começamos por pequenos hábitos, como ir ao cinema, almoçar ou ir a praia desacompanhados; ler aquele livro de 800 páginas; pegar um caminho novo; dirigir por uma estrada desconhecida; trocar de emprego; trocar de namorado(a); mudar um móvel de lugar; jogar as roupas velhas fora. Quando tivermos coragem para enfrentar pequenos medos, teremos em pouco tempo, coragem para enfrentar grandes desafios, com a cabeça erguida, firmeza e certeza da nossa capacidade.

Nunca, jamais, em hipótese alguma se conforme, não aceite o que lhe é dito sem pensar a respeito; nunca faça o que é imposto sem pestanejar. Questione, lute, seja curioso e busque o que deseja, sempre.

Sucesso a todos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário