quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Saudade


"Como ousa esta saudade se instalar dentro de mim,
se mandei blindar meu corpo pra não mais sofrer assim...
Só agora entendi o porque desta invasão,
um corpo a gente blinda,
mas jamais um coração".

Me enviaram esse poema outro dia e AMEI!

Beijos no coração,
Isa


Nenhum comentário:

Postar um comentário